24 de maio de 2024
24 de maio de 2024

A Snap prepara-se para as eleições da UE deste ano


Entre 6 e 9 de junho, mais de 370 milhões de europeus de 27 países irão às urnas de votação para eleger os seus membros no Parlamento Europeu. 

No início deste ano, a Snap estabeleceu os passos para se preparar para as mais de 50 eleições que se irão realizar a nível mundial em 2024, incluindo a recente adição do Reino Unido a 4 de julho. Isto inclui reunir novamente a equipa de integridade eleitoral de longa data, que inclui especialistas em desinformação, publicidade política e cibersegurança, para monitorizar todos os desenvolvimentos relevantes para as próximas eleições.

Para além deste importante trabalho global, queremos partilhar o que fizemos especificamente para nos prepararmos para as próximas eleições europeias.

Incentivo ao envolvimento cívico nas eleições da UE

Nestas eleições europeias veremos ainda mais eleitores de primeira viagem elegíveis para participar, após a decisão da Bélgica e da Alemanha de se juntarem à Áustria, Malta e Grécia e baixar a idade de voto para os 16 anos. 

Acreditamos que o envolvimento cívico é uma das formas mais poderosas de autoexpressão e já trabalhámos anteriormente com as autoridades eleitorais em França, nos Países Baixos e na Suécia para aumentar a sensibilização para as eleições e incentivar a participação. 

Antes das eleições da UE deste ano, juntámo-nos ao Parlamento Europeu para criar uma Lente especial para as eleições de RA* para incentivar as pessoas a votarem. Durante as eleições, partilharemos esta Lente com todos os Snapchatters da UE, juntamente com uma mensagem para os lembrar de votar e uma ligação para o site das eleições do Parlamento.

   

O Snapchat está também a estabelecer uma parceria com o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia para promover a sua campanha de informação "Use o seu voto" nas eleições, incluindo uma Lente dedicada,  e a sua campanha de sensibilização para os riscos da desinformação e de conteúdo enganoso. 

Combate à desinformação na UE

Estamos empenhados em impedir a propagação da desinformação. As nossas Diretrizes da Comunidade sempre proibiram a disseminação de desinformação e conteúdo propositadamente enganoso - incluindo deepfakes e conteúdo manipulado de forma enganosa. 

À medida que as tecnologias evoluíram, atualizámos as nossas políticas para abranger todos os formatos de conteúdo — quer seja criado por um humano ou gerado por inteligência artificial. 

Em preparação para as eleições da UE, nós:

  • Assinámos o Acordo de Eleições da IA, juntamente com outras empresas de tecnologia, onde nos comprometemos a colaborar com ferramentas para detetar e limitar a propagação de conteúdo gerado pela IA que visa enganar os eleitores. 

  • Introduzimos símbolos contextuais para ajudar a nossa comunidade a entender que estão a interagir com conteúdo de IA gerado pela Snap.

  • Também instruímos a My AI para evitar abordar temas políticos.

  • Estabelecemos uma parceria com a Logically Facts, uma organização líder na verificação de factos e signatária do Código de Prática de Desinformação da UE, para verificar os factos e as declarações de anúncios políticos na UE.

Alterações específicas para a UE à nossa política de publicidade política e defesa de direitos

Os anúncios políticos no Snapchat geralmente não podem ser colocados por pessoas ou entidades que não sejam residentes no país onde o anúncio é exibido.  No entanto, introduzimos recentemente uma exceção para permitir que os anunciantes baseados na UE façam campanhas políticas à escala europeia na Snap. Isto coloca as nossas políticas de anúncios políticos em linha com a legislação da UE recentemente adotada, que permite anúncios políticos transfronteiriços na UE, mas continua a bloquear anúncios políticos de países terceiros. 

Estas medidas continuam a ser acompanhadas por robustas salvaguardas de integridade, incluindo um processo de análise humana que verifica todos os anúncios políticos antes de serem elegíveis para aparecerem na nossa plataforma.

Acreditamos que estas etapas incentivem a nossa comunidade a exercer o seu direito de voto, e ajudem a manter o Snapchat um local para notícias e informações seguras, responsáveis, precisas e úteis. 

* A versão final ao vivo da Lente pode variar ligeiramente destas antevisões  

Voltar às Notícias